Breaking News

Jovem negra é vítima de racismo e espancada por policial em Manaus


A universitária Dayse de Oliveira Brilhante, foi agredida e vítima de injúrias raciais enquanto passeava com seu cachorro na madrugada da última quarta-feira (25) por quatro pessoas no conjunto residencial onde mora, localizado no bairro Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus. Os suspeitos do crime são uma sargento do Corpo de Bombeiros e mais três pessoas.

Segundo informações, Dayse, que é filha de um coronel da Polícia Militar, passeava na rua quando a sargento, que é esposa do coronel reformado e ex-comandante do Corpo de Bombeiros começou a filmar com um celular. A estudante se sentiu incomodada e perguntou para que serviria a filmagem.

A sargento teria se irritado, e acompanhada de mais duas amigas, teriam começado a chamar Dayse de ‘preta’, ‘essa negra’, ‘puta’, ‘vagabunda’, em seguida, a vítima foi agredida com socos e puxões de cabelo.

Dayse gritou por ajuda, e funcionários do condomínio acionaram a polícia. O caso foi registrado no 23º Distrito Integrado de Polícia.

Nenhum comentário