Breaking News

Bizarro: Homem estupra e obriga vítima a se passar por namorada dele


Uma jovem de 15 anos que foi estuprada após sair para passear de patins, revela que foi obrigada pelo estuprador a se passar por namorada dele para suspeitas de pessoas que passavam pelas ruas de Praia Grande em São Paulo.

Ela contou que no dia do crime foi saiu para fazer o passeio como fazia todos os dias. No percurso de ida ela foi abordada pelo suspeito que estava em uma bicicleta. 

Ele começou a puxar assunto com ela e chegou a flertar, mas ela ignorou e seguiu caminho. Quase uma hora depois, quando voltava para casa, ele a interceptou novamente e a arrastou para uma área de mata onde consumou o estupro.

A vítima foi ameaçada de morte e implorou para se liberada. Ela conta que enquanto ele a estuprava, repetia que marcaria a vida dela: "Ele falava que estava fazendo um bem pra mim, porque eu sempre lembraria dele quando fosse fazer sexo. Ele disse que eu não faria isso por um bom tempo. Rezei muito para alguém perceber”.

O criminoso ainda revelou que já tinha estuprado outra menina. Após o crime, ela disse que um ciclista passou pelo local e chegou a desconfiar da situação. O homem parou na esquina e ficou observando a cena, mas o estuprador ordenou que a garota andasse de mãos dadas com ele pela rua, fingindo ser sua namorada.

Alguns metros depois, ele a liberou e ela correu para casa. A irmã explica que depois de saberem de tudo, elas registraram e encaminharam a jovem a um hospital. Ela está em estado de choque e sob o efeito constante de remédio.

A menor também teve reações fortes ao coquetel para evitar doenças trasmissíveis que administrado em casos como este. O estuprador teve a imagem captada por câmeras de segurança, mas ainda não foi preso.



Nenhum comentário